NOVIDADES EDIÇÃO 2020

A METODOLOGIA

Requisitos, avaliação financeira e o indicador-chave "QEV"

ELEGÍVEL TOP 5%

REQUISITOS

RANKING

DISTINÇÃO

Requisitos de acesso

  • iDS > 80%; Notação 5 (Excelente);
  • Volume de negócios relevante na Região ou Setor (tipicamente a partir de 1 milhão €, mas pode haver Setores/Regiões com valores inferiores);
  • Quadro de pessoal entre 5 e 250 trabalhadores

Acesso < 2% das empresas

Avaliação financeira

  • Para cada empresa candidata, é calculado o indicador Qualidade Económica das VendasQEV = iDS x VN (Índice de Desempenho e Solidez financeira e Volume de Negócios anual);

  • As empresas que apresentem os 10 maiores valores de QEV da categoria, são distinguidas TOP 10+ na respetiva categoria.

Distinção < 0,1% das empresas

Requisitos específicos

  • PME+ Regiões: estar sedeada na região de candidatura;
  • PME+ Setores: apresentar pelo menos 50% do volume de negócios anual no setor de atividade.

Porquê o indicador-chave "QEV"

  • O Top10+ Regiões/Setores, está alicerçado numa ideia-chave: vender até pode ser fácil, o que é difícil é realizar volume de negócios com sustentabilidade financeira, oferecendo uma perspetiva de continuidade e confiança permanente a clientes, a colaboradores e interessados em geral.

  • O indicador QEV é o que melhor espelha a capacidade das empresas em cumprir esse objetivo, o de aliar volume de negócios significativos a um elevado índice de desempenho económico e solidez financeira (Notação 5 – Excelente).

Empresas Certificadas

AS GARANTIAS

SABIA QUE AS CERTIFICAÇÕES FINANCEIRAS SCORING FORAM OBJETO DE PARECER CIENTÍFICO E SÃO CERTIFICADAS PELA BUREAU VERITAS E ASSOFT?

CONHEÇA TODAS AS GARANTIAS DE RIGOR E ISENÇÃO ASSOCIADAS.

ies-logo

Os dados das contas anuais das empresas utilizados nas cerificações financeiras SCORING, são provenientes da Informação Empresarial Simplificada (IES), em resultado da submissão pelas empresas à Autoridade Tributária. Assim, fica assegurada a independência e a fiabilidade dos dados face aos avaliados.

parecer-logo

O modelo que serve de base às avaliações realizadas pela SCORING, foi alvo de parecer científico de docentes do ensino superior doutorados em Gestão, que confirmaram a aptidão do modelo para medir e diferenciar as empresas quanto ao desempenho organizacional e a solidez financeira.

BV-Logo-SPOT-Vector

A BUREAU VERITAS audita todos os anos o modelo subjacente às certificações financeiras SCORING, confirmando: (i) a fiabilidade da base de dados com as IES e (ii) a aplicação de forma isenta e objetiva às empresas, comprovado matematicamente e por outros métodos objetivos alternativos.

upload154_0

Por forma a assegurar a integridade das classificações atribuídas no âmbito das certificações financeiras SCORING, a base de dados com os respetivos valores é depositada anualmente na ASSOFT (Associação Portuguesa de Software), que assegura o depósito legal da mesma.

OS BENEFÍCIOS E AS MAIS-VALIAS

BENEFÍCIOS

TESTEMUNHOS

AFIRME A SUA EMPRESA

TOP 10+ REGIÕES / SETORES PORTUGAL

ETAPAS DO PROCESSO ATÉ À CERTIFICAÇÃO

1ª etapa

Representante da EMPRESA apresenta candidatura, indicando Regiões, Setores ou ambas, através de formulário nesta página.

(grátis)

2ª etapa

SCORING avalia requisitos gerais e específicos e comunica à EMPRESA o enquadramento aprovado ou proposto (Setor/Região).

(grátis)

3ª etapa

Se elegível TOP10+, EMPRESA decide subscrição. Só a subscrição permite a confirmação e a divulgação da distinção.

(grátis)

4ª etapa

SCORING valida dados e confirma. Emite Certificado, Selo personalizado com NIF e Setor ou Região, e Relatório Financeiro de conformidade.

(subscrição)

Nota: mantém-se a regra de que o valor pago na subscrição TOP 5% será integralmente deduzido numa eventual subscrição TOP 10+ do mesmo ano.

FALE CONNOSCO

Projeto cofinanciado pela União Europeia