TOP 5% MELHORES PME DE PORTUGAL: É e NÃO É.

NOVIDADES EDIÇÃO 2020

A METODOLOGIA

Requisitos, avaliação financeira e notações

EMPRESAS

REQUISITOS

AVALIAÇÃO

DISTINÇÃO

Requisitos de acesso

  • NIF iniciado por 5;
  • Forma jurídica: sociedades anónimas e por quotas (incluindo unip. por quotas). Excluídas as sociedades estrangeiras;
  • Entidades sujeitas à obrigatoriedade de publicitação de contas;
  • Volume de negócios de 100 mil a 50 milhões € e até 250 trabalhadores no quadro.

Acesso < 20% das empresas

Avaliação financeira

  • Determinação dos índices de Desempenho Económico (iD) e de Solidez Financeira (iS) – Método ScorePME desenvolvido pela SCORING;
  • Ponderador de consistência económico-financeira (pCEF);
  • Índice de Desempenho e Solidez ( iDS = iD + iS + pCEF) superior a 80%, notação “5 – Excelente
  • São as TOP 5% Melhores PME de Portugal.

Distinção < 5% das empresas

Atribuição das Notações

  • O valor do Índice de Desempenho e Solidez financeira (iDS) pode variar entre 0% e 100% e representa o posicionamento económico-financeiro da empresa no mercado.
  • O iDS determina a atribuição da Notação: 0/20% = 1 (Mau); 20/40% = 2 (Fraco); 40/60% = 3 (Médio); 60/80% = 4 (Bom) e 80/100% = 5 (Excelente)

Rácios de referência

  • Não há um valor mínimo (requisito) para cada indicador. Para a edição 2020, a maior parte das empresas, podendo falhar um ou outro indicador, posicionou-se acima dos valores de referência indicados na infografia que se segue.

  • São valores muito expressivos do elevado perfil de sustentabilidade económico-financeira das “TOP 5% Melhores PME de Portugal”.

5,5%

Rentabilidade das Vendas

(Ebitda / Vol.Neg.)

6,3%

Rentabilidade do Ativo

(Ebitda / Ativo)

37,6%

Autonomia Financeira

(Cap.Próp. / Ativo)

147,2%

Liquidez Geral

(Ativo c.p. / Passivo c.p.)

Empresas Certificadas

AS GARANTIAS

SABIA QUE AS CERTIFICAÇÕES FINANCEIRAS SCORING FORAM OBJETO DE PARECER CIENTÍFICO E SÃO CERTIFICADAS PELA BUREAU VERITAS E ASSOFT?

CONHEÇA TODAS AS GARANTIAS DE RIGOR E ISENÇÃO ASSOCIADAS.

ies-logo

Os dados das contas anuais das empresas utilizados nas cerificações financeiras SCORING, são provenientes da Informação Empresarial Simplificada (IES), em resultado da submissão pelas empresas à Autoridade Tributária. Assim, fica assegurada a independência e a fiabilidade dos dados face aos avaliados.

parecer-logo

O modelo que serve de base às avaliações realizadas pela SCORING, foi alvo de parecer científico de docentes do ensino superior doutorados em Gestão, que confirmaram a aptidão do modelo para medir e diferenciar as empresas quanto ao desempenho organizacional e a solidez financeira.

bv 200x200

A BUREAU VERITAS audita todos os anos o modelo subjacente às certificações financeiras SCORING, confirmando: (i) a fiabilidade da base de dados com as IES e (ii) a aplicação de forma isenta e objetiva às empresas, comprovado matematicamente e por outros métodos objetivos alternativos.

assoft 200x200

Por forma a assegurar a integridade das classificações atribuídas no âmbito das certificações financeiras SCORING, a base de dados com os respetivos valores é depositada anualmente na ASSOFT (Associação Portuguesa de Software), que assegura o depósito legal da mesma.

OS BENEFÍCIOS E AS MAIS-VALIAS

BENEFÍCIOS

TESTEMUNHOS

FALE CONNOSCO

Projeto cofinanciado pela União Europeia